domingo, agosto 08, 2010

AURORA III

Minha poesia nunca mais será
deserto em meu coração.
Será, para sempre,
tua morada,
tua casa,
teu lar.
Nunca mais deserta,
nunca mais vã.
Como estrela,
jamais deixará de brilhar.
Será, para sempre,
adornada em pérolas
e esmeraldas,
por ti,
para ti.


Um comentário:

Síruis e Canopus disse...

Parabéns pela qualidade e bom gosto das poesias. Estou longe da minha esposa. Estou no Brasil e ela na Holanda. Esse espaço possibilitou que eu lesse para ela algumas poesias, enriquecendo nosso tempo e acariciando nossos corações. Tenho 61 anos e ela 50. Obrigado por pessibilitar que através desse seu espaço, tivéssemos momentos inesquecíveis.
Sirius e Canopus