domingo, junho 21, 2009

O Banho

As transparências do box,
a dança e queda suave da farta espuma,
a névoa que transforma tudo,
seus olhos semi-abertos,
o passeio das suas mãos,
e das minhas,
das suas nas minhas,
a umidade intensa,
a respiração arfante...
a consumação...

Nenhum comentário: