sexta-feira, fevereiro 17, 2006

O Pedido

Vê.
Estou aqui.
Não desvia teus olhos.
Não sou mero vulto,
nem sombra perdida no escuro.
Preciso que tu me vejas,
que tu me gostes,
que tu me ames.
Vê minha alma.
Escuta.
Não foge.
Ouve minha voz.
É ela que clama teu nome,
É meu grito de desespero,
a última palavra que me resta.
Atende meu clamor.
Fala.
Não te cales.
Dize os teus medos.
Conta a verdade.
Canta a beleza da vida,
E encanta os anjos com tua voz.

Nenhum comentário: