sábado, janeiro 29, 2005

O Menino, o Sol e as Estrelas

Era uma vez um menino que gostava demais do Sol.

Todo dia, ele ia para a janela e ficava olhando tudo em volta de sua casa.

Tudo brilhava com a luz que o Sol derramava.

Sabia que era por causa do Sol que ele podia nadar.

Sabia que era por causa do Sol que ele brincava no quintal do seu vizinho.

Quando chegava de noite, o menino ficava muito triste.

Chorava mesmo, querendo que o Sol nunca fosse embora.

Até ia dormir cedo, querendo que a noite passasse rápido.

Um dia, o menino, o pai e a mãe viajaram para a praia.

Lá havia poucas casas e muitas horas para brincar durante o dia.

Mas dessa vez, o menino não chorou quando caiu a noite.

Ele descobriu uma coisa linda.

Ele descobriu as estrelas do céu!

Tinha umas pequenas, outras grandes, que seu pai disse que se chamavam planetas.

Quando ele ficou sabendo que as estrelas eram parecidas com o Sol, ficou mais alegre ainda.

O pai ensinou o menino que se a gente ligar estrela com estrela, a gente faz um desenho.

Juntos, eles desenharam leões, casas, carros, gente, e muitos bichos.

Naquela noite, o menino foi dormir feliz e sonhou com as estrelinhas que conheceu.

Quando ele voltou para casa, ele nunca mais chorou porque ficava de noite.

Toda tarde, se assentava na varanda, esperando as estrelas aparecerem para ele poder desenhar o céu.

Nenhum comentário: