domingo, janeiro 30, 2005

Aliança

Quero teu colo para me deitar.

Vou dormir em ti, esquecer-me de acordar.

Vou sonhar com teus sorrisos e afagos,

Vou plantar paixão e saudade.

Sol não se levantará sem que eu pense em ti,

Não se porá sem que tenhas meus beijos.

Minha face reluz ao contemplar teu sereno dormir.

Tua tranqüilidade se contrasta com teu calor.

Que sonhas em teu quieto dormir?

Por que caminhos andam teus olhos sob tuas pálpebras?

Faze-me teu anjo, aquele que te acompanha sempre.

Faze-me tua luz em meio às tempestades do mar.

Faze-me teu porto, teu lugar de descanso.

Vou dormir em ti, em ti acordar.

Farei de meus dias os teus,

De teus dias os meus.

Serei teu, para sempre teu.

Serás minha, para sempre minha.

Nenhum comentário: